About Me · Fotografia · Por aí...

Ensaio sobre ela

Um ensaio sobre ela, a Daniela.

Que adora flores, especialmente girassóis.
Que vive sonhando acordada.
Que adora andar de meia pela casa,
Que sabe que não tem asa, mas que flutua por aí…

Ensaio Sobre Ela

Que quando sorri, sorri de verdade,
E que quando chora, lava alma.

Que faz do silêncio sua morada.
Que quando vê as estrelas ao cair da noite,
Admirando o infinito e sente vontade de abraçar,
Aquela que um dia se foi…

Mas ela lembra que há muito o que fazer,
Que poderá ser feliz de novo
E que assim, um dia estará junto a ela.

Ouça ao som de Cícero – Ensaio Sobre Ela

Anúncios
Livros

Setembro Amarelo: 5 livros sobre depressão e saúde mental

Setembro Amarelo é uma campanha criada pelo Centro de Valorização da Vida (CVV) junto ao Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). A campanha tem o intuito de informar sobre o suicídio que infelizmente ainda é visto como um sinal de fraqueza e não como uma questão de saúde mental. Segundo a Organização Mundial de Saúde, mais de 800 mil pessoas tiraram suas vidas de acordo com a pesquisa feita em 2012. O suicídio é a segunda principal causa morte entre jovens entre 15 a 29 anos e tudo isso poderia ser evitado  se estivéssemos mais abertos para falar sobre o assunto.

Pensando nisso, separei em uma pequena lista livros que tratam sobre depressão e outros transtornos que podem desencadear esse tipo de comportamento.

Perdão, Leonard Peacock – Matthew Quick

Leonard Peacock é um jovem de 18 anos que decide matar seu ex-melhor amigo e depois cometer suicídio. Ao longo de sua triste história, vemos questões como abandono, intolerância e bullying afetaram muito na vida de Leonard. É um dos poucos livros do Matthew Quick que gosto bastante, pelo ritmo rápido da narrativa e pelo carisma do personagem principal.

ISBN: 978-85-8057-395-4 | Ano: 2013 | Editora Intrínseca | Comprar: Amazon.

Tartarugas Até Lá Embaixo – John Green

Aza Holmes sofre de  Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), aos 16 anos. Sua história é delicada, traz a linguagem adolescente muito envolvente, tentando superar os desafios que a sua mente impõe todos os dias.

ISBN: 978-85-510-0200-1 | Ano: 2017 | Editora Intrínseca | Comprar: Amazon.

Garota Interrompida – Susanna Kaysen

Relatos reais de Susanna Kaysen, que foi internada num hospício aos 17 anos, com fortes críticas sociais e sobre o modo de como as pessoas com problemas de saúde mental eram tratadas na época. Também há uma versão em filme com Winona Ryder no papel principal.

ISBN: 978-85-67028-15-6 | Ano: 2013 | Editora Única | Comprar: Amazon. *Está disponível de graça no Kindle Unlimited*

Cartas de Amor aos Mortos – Ava Dellaira

Após a morte de sua irmã, uma tarefa da escola se torna uma terapia para recuperação de Laurel. A jovem começa a escrever cartas a diversos famosos que já morreram, como forma de cicatrizar a ferida que a perda deixou em sua vida. Livro tocante e sensível uma jornada de autodescobertas e com grandes reviravoltas.

ISBN: 978-85-65765-41-1| Ano: 2014 | Editora: Seguinte | Comprar: Amazon.

Por Lugares Incríveis – Jennifer Niven

Prestes a cometer suicídio, Violet Markey acaba salvando uma vida. Theodore Finch também estava decidido a tirar sua própria vida, quando os dois se encontram no mesmo lugar para cometer o tal ato, e o destino parece os unir ainda mais quando os dois são selecionados fazer juntos um trabalho da escola sobre os lugares incríveis que já conheceram. É um livro muito especial para mim, a forma como tema foi abordado foi realmente muito sensível e tocante, Jennifer Niven trata com delicadeza sobre esse assunto entre os jovens.

ISBN:978-85-65765-57-2 | Ano: 2015 | Editora: Seguinte | Comprar: Amazon.

Acho super importante entrarmos nesta questão, pois muitas vezes quem está sofrendo com algum tipo de transtorno e desenvolve esses pensamentos, não são ouvidos como deveriam. É interessante ler e pesquisar sobre para auxiliar e compreender o que essas pessoas sentem e encaminhá-las para tratamentos que possam ajudar a combater essa doença.

Se você conhece alguém ou está passando por esse momento difícil saiba que há esperança! O CVV possui um atendimento que realiza um apoio emocional para pessoas que estão passando por dificuldades e precisam conversar, o telefone está disponível gratuitamente para todo o país, é só ligar para o número 188.

Tem algum livro que trata sobre o assunto? Deixa aí nos comentários e vamos conversar sobre!

Filmes

Para Todos os Garotos que Já Amei | FILME

Imagem: Divulgação Netflix

Finalmente chegou a Netflix a adaptação do meu livro favorito Para Todos os Garotos Que Já Amei da autora Jenny Han. O filme traz a história de Lara Jean, uma jovem que escreve carta de amor para cincos “crushes” mas não as envia e por algum acaso do destino essas cartas foram parar nas mãos dos seus destinatários para o desespero de Lara.

Fonte: Giphy

O filme é muito amorzinho assim como livro, a ambientação e fotografia são belíssimas e todas se encaixam muito bem no mundo sonhador de Lara Jean. Outro acerto no filme é escolha de elenco especialmente a protagonista, Lana Condor é super carismática, difícil não simpatizar com a moça e graças a Jenny Han tivemos a protagonista de origem asiática bem fiel ao livro.  Peter Kavinsky é apaixonante assim como na história e Kitty – a irmã caçula e sem papas na língua – está com 11 anos no filme diferente ao livro onde ela tem 9 anos, mas isso não interfere na narrativa e no desenvolvimento da trama, Kitty e Lara tem uma relação muito engraçada e divertida como toda irmã mais nova.

Fonte: Giphy

Mas o que me deixou um tantinho decepcionada foram os personagens Josh e Margot, achei um tanto apagados na trama e especialmente a Margot que pareceu ser apática em relação a irmãs e também porque partes importantes que estão no livro não estiveram presentes no filme, deixando a relação de ambos com Lara Jean um tanto superficial. Cris e Genevieve também tiveram pouco espaço, enquanto no livro todos ali tiveram uma forte relação quando era crianças.

Ainda que seja em formato de filme, os cortes apressados a falta destes detalhes me deixou com a sensação de que Para Todos Os Garotos Que Já Amei se sairia melhor se fosse no formato de uma série com poucos capítulos, mas mesmo assim cá estou na expectativa para a continuação, o PS: Ainda Amo Você!

Se interessou pela história de Lara Jean? Que tal comprar os livros com desconto na Amazon? Comprando pelo meu link você me ajuda com uma pequena comissão para poder manter o blog no ar e também para poder comprar mais livros para resenhas. Para comprar é só clicar nos links abaixo:

Para Todos Os Garotos Que Já Amei
PS: Ainda Amo Você
Agora e Para Sempre Lara Jean

Quem aqui já assistiu? Me conte o que achou, aguardo seu comentário viu?

Livros

Amor Amargo

Ao perder a mãe aos oito anos, Alex encontra seu pequeno momento de felicidade ao lado dos seus melhores amigos Zach e Bethany. Desde pequenos, os três amigos planejavam uma viagem ao Colorado onde a mãe de Alex morreu, para tentar o porquê do abandono por parte da sua mãe. Prestes a terminar o ensino médio, eis que surge um novo garoto em cena: Cole, belo e encantador que logo se interessa por Alex. Os dois começam um relacionamento, tudo caminhando às mil maravilhas até que Cole começa a se revelar um pessoa completamente diferente do que se imaginava…

Amor Amargo é da mesma autora do livro A Lista Negra, Jennifer Brown traz aqui um assunto forte para o universo adolescente, o relacionamento abusivo. A escrita da autora é bem delicada e firme, ela é real e chega até assustar com os pensamentos da protagonista em aceitar esses abusos e é quase impossível não se sentir desconfortável durante a leitura.

Tudo começa devagar e essa tensão no ar vai se desenrolando, quando finalmente Alex percebe que isso não é natural em um relacionamento. Como alguém que diz que nós ama pode nos tratar de uma maneira tão cruel? Ou melhor como alguém pode nos bater? Alex é uma menina carente, aceitou o amor que foi faltado quando era criança: seu pai quase omisso e suas irmãs vivendo suas vidas contribuíram para isso, para que Alex achasse que merecia esse tipo de amor.É difícil se colocar ao lado da protagonista, acredito que se fosse comigo não saberia o que faria. O psicológico fica muito abalado nessas horas que parece que a parte racional do cérebro vai embora e aceitamos a culpa por o namorado andar nervoso e irritado.

Mas nós mulheres não devemos ser responsáveis pela mudança dos homens, homem que já trata com estupidez logo deve ser evitado porque amor não é isso, amor não bate, amor não grita, amor não te faz afastar das pessoas que te amam e se preocupam com você e a cima de tudo amor não é amargo. Acredito que esse livro deve ser lido por todas as adolescentes, é um assunto que deve ser abordado nas escolas para prevenir e até ajudar a identificar esse tipo de violência contra a mulher.

Se você conhece alguém ou já viu algum ato de violência contra mulher denuncie! Ligue para 180 (Central de Atendimento à Mulher) ou em caso de agressão ligue imediatamente para o 190.

Amor Amargo – Jennifer Brown | ISBN: 978-85-8235-306-6 | Ano: 2015 | Editora: Gutenberg | Comprar: Amazon

Nota: 5/5 favorito do ano!

E aí, já leu esse livro? Se sim, me conte o que achou!

Até o próximo post! ❤