Livros

Eu, Christiane F. – 13 Anos, Drogada, Prostituída.

_DSC0018 cópia

Eu, Christiane F- 13 anos, drogada, prostituída… foi o livro que escolhi para ler esse mês e devo confessar que foi umas das leituras mais fluentes e angustiantes que já li. É aquele tipo de livro que vai demorar para sair da minha cabeça. Até agora, não consegui encontrar palavras para descrever o que senti durante a leitura.

A história é baseada nos depoimentos de Christiane durante ao tribunal da infância e da juventude. Os jornalistas Kai Hermann e Horst Hieck da revista alemã Stern, ficaram tão impressionados com o depoimento da moça que lhe propuseram uma entrevista que deveria ser a princípio por 2 horas mas acabou se estendendo por 2 meses dando origem ao livro Wir Kinder vom Bahnhof Zoo (que em tradução livre significa “As Crianças da Estação Zoo”). O livro se tornou um best-seller nos anos 70 e teve uma versão cinematográfica no início dos anos 80.

As desventuras de Christiane começaram aos 11 anos, quando começou a frequentar um grupo de jovens em Berlim, na Alemanha. Lá ela teve seu primeiro contato com as “drogas leves” e tempos depois Christiane e seus amigos começam a frequentar a boate Sound, a discoteca mais moderna da Europa, onde  tem o seu primeiro contato com a heroína. A princípio ela recusa, mas aos poucos acaba cedendo e para sustentar o vício Christiane passa a se prostituir junto com a sua “gangue” na estação Zoo, onde se concentra um grande número de drogados e prostitutas.

É uma história realmente profunda. Em vários momentos parava para olhar a capa novamente para conferir se ela tinha mesmo 13 anos, porque o jeito que ela depõe e a sua postura durante certas situações pareciam ser de uma mulher adulta. Os depoimentos mais angustiantes foram com certeza o da mãe de Christiane, ver a sua tristeza e a culpa pelo estado da filha é de realmente partir o coração.

Christiane F-  não é uma leitura prazerosa  mas sim, triste porque mostra a realidade de um mundo sem volta que infelizmente ainda persiste nos dias de hoje. Esse livro me fez pensar em muitas coisas, pensar em amigos que um dia entraram para esse caminho e nunca mais voltaram. Me fez pensar na dor das famílias que passam por esse tipo de situação e preconceito sofrido pelos ex-viciados que tentam fazer uma nova vida. Ter lido esse livro me mostrou um lado totalmente diferente, quebrando preconceitos e julgamentos sobre essas pessoas.

Infelizmente, Christiane não aprendeu com sua própria história. Depois de tantos tratamentos frustados, crises de overdose e ictericia, Christiane continua usando drogas e passando por várias seções de hemodiálise por conta de uma hepatite C. Em 2008, perdeu a guarda do seu filho para sua mãe por tentar fugir com o menino para Amsterdã. Atualmente, mora em Berlim na casa de seus tios.

É uma história de vida triste, é um tipo de coisa  que alguém tão jovem como ela não deveria ter passado. Se um algum dia você Christiane ler isso, saiba que estou torcendo para que a sua vida tenha realmente um final feliz.*

Espero que tenham gostado!

E até a próxima. ♥

*Tenho fé que algum dia, uma alma bondosa irá traduzir esse texto em alemão para ela! haha

Anúncios

13 comentários em “Eu, Christiane F. – 13 Anos, Drogada, Prostituída.

  1. Realmente é muito triste ver as pessoas em uma situação dessa, já tive experiências de acompanhar o sofrimento de familiares que entraram nessa vida, não desejo a ninguém 😡
    Gostei da resenha Dani, e fiquei interessada no livro (:

    Curtir

  2. Fiquei com vontade de ler. Ai ai, tem tantos livros que eu quero ler… mas acabo não lendo nenhum. 😛
    Fiquei tão feliz quando vi que você tinha feito um blog! Estou atrasada, mas vou vir aqui sempre, LÓGICO.
    beijos Dani!

    Curtir

  3. Esse livro é bem forte, mais serve como uma espécie de ‘conselho’ para todos, eu gostei muito do livro, já li tem um tempo mais até hoje me pego pensando em algumas situações que ela passou. Beijos e obrigada por sempre passar lá no meu cantinho ❤

    Curtir

  4. Ai esse livro É MUITO BOM!!! Li, já faz alguns anos, e me esqueci de alguns detalhes. Sua resenha me fez relembrar alguns momentos marcantes do livro! A minha versão é uma de capa quase toda vermelha e preta. Tem fotos que nos deixa mais comovidos com a história da Chris!

    Beijos!

    Curtir

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s