Livros

Um Estudo Em Vermelho

_DSC0004 cópiasherlocklindo

Estou numa fase ~Sherlock~ da minha vida, que estou lendo e vendo tudo sobre ele! Nunca pensei que ficaria tão fissurada por suas histórias dessa maneira que estou, e aproveitando essa ~vibe~ vim compartilhar com vocês o primeiro livro que li sobre ele e que coincidentemente, também é o primeiro livro escrito por Sir Arthur Conan Doyle, Um Estudo Em Vermelho narra o início das aventuras de Sherlock Holmes junto com seu fiel parceiro Dr. John Watson.

Sinopse: O cadáver de um homem, nenhuma razão para o crime. É a primeira investigação de Sherlock Holmes, que fareja o assassino como um “cão de caça”. Lamentava-se de que “não há mais crimes nem criminosos nos nossos dias”, quando, nesse instante, recebe uma carta a pedir a sua ajuda — o cadáver de um homem foi encontrado numa casa desabitada, mas não há qualquer indício de roubo ou da natureza da morte. Sherlock Holmes não resiste ao apelo, mas sabe que o mérito irá sempre para a Polícia.Um Estudo em Vermelho (1887), de Arthur Conan Doyle (1859- 1930), é a estreia de Holmes. A história foi editada pela primeira vez na revista Beeton’s Christmas Annual e logo fascinou inúmeros leitores, para quem o endereço do detective — 221B Baker Street, Londres — se tornou uma das ruas mais famosas da literatura. As deduções do investigador são narradas pelo seu amigo, o Doutor John Watson, uma espécie de Sancho Pança de Holmes.  Fonte: Skoob

A história é narrada através da perspectiva de Watson e trata do início de como eles se conheceram. Sherlock Holmes é um “detetive consultor” que investiga casos apenas com seu método de dedução e raciocínio, algo totalmente insperado para John Watson que fica fascinado pela mente de Holmes. Já John Watson é um médico que serviu ao exército durante a guerra no Afeganistão e está afastado por um tempo de seu serviço para recuperar-se de um trauma.

Apesar de serem de personalidades totalmente opostas (Sherlock é a razão e John é a emoção), é muito interessante como esse laço de companheirismo, ou bromance, entre os dois rende histórias que encantam fãs em todo o mundo. John Watson veio para tentar “humanizar” um lado de Sherlock que muitas vezes é deixado de lado, tornando por muitas vezes arrogante e totalmente egoísta em alguns momentos, mas mesmo assim ainda é de se admirar o quanto um sociopata pode ter um lado carismático.

Outro detalhe super interessante no livro é o fato da narrativa não seguir um padrão, na primeira parte do livro estamos vendo os acontecimentos através dos olhos de John Watson e na segunda parte somos surpreendidos por uma pausa e entramos na presença de um narrador onisciente onde conta a história de um homem perdido num deserto americano. A princípio você pode achar essa história não tem nada haver com o livro, mas é aí que você se engana meu caro leitor, a maneira dessas histórias serem interligadas é surpreendente e pelo fato de não parecerem estar ligadas faz com que você queira realmente saber o que está acontecendo e qual o sentido lógico de tudo isso.

Sir Arthur Conan Doyle, é certamente uns dos maiores escritores desse tipo de literatura policial, personagens bem desenvolvidos, cenas de crime bem construídas, reviravoltas insperadas e aventuras de deixar o leitor sempre instigado em querer viajar mais nesse mundo cercado de mistérios que Sherlock Holmes vive. Não é qualquer escritor que consegue deixar seus livros serem sucesso por anos e anos, conquistando cada vez mais admiradores em todo o mundo.

_DSC0015 cópialondres

Sherlock Homes: Um Estudo Em Vermelho – Sir Arthur Conan Doyle.

Nota: 5/5.

Páginas: 200.

Ano: 1887 (publicação)/2013 (edição atual).

Editora: Companhia Editora Nacional.

ISBN: 978-85-04-01851-6.

Extras

Ian McKellen (Magneto/Gandalf) irá estrelar o filme Mr. Holmes, que conta a história de Sherlock Homes já aposentado sendo atormentado por um crime não resolvido no passado. O longa ainda não tem previsão de estreia.

A série Sherlock da BBC ganhou três prêmios no Emmy deste ano, incluindo de melhor ator  em minissérie/filme para TV para Benedict Cumberbacth e melhor ator coadjuvante em minissérie/filme para TV para Martin Freeman.

Sobre o autor

Sir Arthur Conan Doyle era médico e escritor, tornando-se mundialmente famoso por suas histórias sobre Sherlock Homes. Além de escrever histórias de ficção, foi autor de várias peças e poesias e obras de não-ficção.

Antes de encerrar este post quero agradecer a Júlia Mazuco pelo empréstimo do livro. Muito obrigada tchutchuca! ❤

E até a próxima pessoal!

Redes Sociais:  FacebookTwitter Skoob.

“I am Sherlocked!”

Anúncios

14 comentários em “Um Estudo Em Vermelho

  1. Eu sempre me prometo que finalmente vou ler algo do Conan Doyle e da Agatha Christie, mas nunca vejo oportunidade, a não ser da vez que meus alunos particulares tiveram que ler O Cão dos Baskervilles e eu fui no embalo e li junto rsrsr. Mta vontade de ler Um Estudo Em Vermelho tb! 🙂

    Curtir

  2. Minha história preferida de Sherlock e também minha primeira. Me identifiquei tanto com o Moffat no prefácio. Senti as mesmas coisas. Essa história é incrível.
    É isso gêmea separada na maternidade: Sherlock é amor sem fim! ♥♥♥♥

    Curtir

    1. O prefácio é maravilhoso, Moffat é maravilhoso. Se Conan Doyle estivesse vivo, estaria muito orgulhoso com o trabalho que ele vem fazendo com a série. Mas só acho que essa palhaçada de dois anos de hiatos não é coisa de Deus, queremos mais episódios já!!!
      Beijo manaaa! ❤

      Curtir

  3. Comprei um dia desses Um Estudo em vermelho e O Cão de Baskervilles. E estou terminando de ler um livro, para começa-los! Sua resenha ficou muito boa! A forma que você se expressa por meio das palavras aparenta ter uma facilidade enorme.Também pretendo fazer resenhas dos livros de Sherlock no meu blog, mas não sei se vai ficar tão boa hahaha. Se quiser conhecer meu blog tá aqui o link http://vidaalternativa66.blogspot.com.br/ não tem muita coisa, pois comecei essa semana. Beijos!

    Curtir

    1. Você acredita que eu estou lendo O Cão de Baskerville? Espero que você comece a lê-los logo, quero saber a sua opinião. 🙂
      Muito obrigada linda, mas faz a resenha sim viu? No começo parece ser difícil, parece que as palavras não saem da gente. Mas aos poucos vamos melhorando e nos acostumando em resenha, é um processo sabe?
      Irei ver seu blog sim, com muito prazer. 😉
      Beijos!

      Curtir

  4. Teve uma época da minha vida que eu adoraaava o Sherlock! E outros livros de detetives, como os da Agatha Christie. Depois acabei dando uma parada… mas é muito bom quando algo nos empolga com tamanha intensidade a ponto de querer ler tudo e absorver tooodas as informações a respeito, né? :***

    Curtir

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s