Fotografia

Mariana Silva | Ensaio Feminino

Olá!

Aqui estou para mais um post de ensaios e o de hoje é da lindinha da Mari! ❤

O ensaio da Mari foi feito no mesmo lugar do ensaio de casal Maria Antônia e Mário, porque achei que não tinha explorado tudo que esse lugar tem a se explorar. E também gostaria de fazer aquele contraste entre um visual mais urbano com um toque mais florido de fundo, dando aquele estilo de cidade porém tem natureza aqui sabe?

Então vamos as fotos!

Foi uma manhã maravilhosa, se pudesse fotografava a Mari a manhã toda!
Obrigada por ter aceitado participar desse ensaio! ❤

Não esqueça de conferir mais trabalhos de fotografia lá na página Daniela Farias Fotografia e me seguir lá no  Instagram 🙂

Até o próximo post!

Anúncios
Livros

Garota, Interrompida

DSC_8268.jpg

Susanna Kaysen de apenas 18 anos, é internada no hospital psiquiátrico McLean e lá permanece pois dois anos. No ano de 1967 nos Estados Unidos, onde passa por um período de grande mudança Susanna tem sua vida interrompida por não se encaixar nos padrões da sociedade da época.

O livro trás os relatos desses dois anos no hospital com fortes críticas a forma de como as pessoas com transtornos mentais são tratadas, em alguns casos de maneira até tensa como no caso de Alice Calais. Entre esses relatos, também temos conhecimento das histórias de Georgina, Daisy e Lisa que constroem um pequeno laço de amizade nesse ambiente de angústias e incertezas em que elas foram colocadas.

Cada uma tem sua história por de trás da sua “loucura“, seus comportamentos promíscuos e até violentos relatam uma realidade dura de onde essas meninas vieram parar ali, embora umas tenham escolhido o caminho mais sombrio outras conseguiram dar um jeito em suas vidas, mas ainda há muitas que seguiram internadas.

Susanna consegue alta do hospital e ainda reluta para manter sua personalidade limítrofe (doença da qual foi diagnosticada), de maneira controlada. A própria ainda diz que esses dois anos de interrupção na sua vida deixou grande marcas na sua maneira de pensar e na personalidade, e que é impossível não lembrar desse momento que ela passou. Escrever esse livro, foi uma maneira que ela encontrou de exorcizar seu passado.

“Dessa vez, li o título da pintura: Garota interrompida com sua música.

Interrompida em sua música: tal qual acontecera com a minha vida, interrompida durante a música dos 17 anos, tal qual a vida dela, roubada e presa a uma tela; um momento congelado no tempo mais importante que todos os outros momentos, quaisquer que fossem ou que viessem a ser. Quem pode se recuperar disso?”  – página 187

Foi quase impossível não ficar pensativa após terminar a leitura. Eu realmente me identifiquei com a personagem alguns aspectos, desde o seu questionamento sobre “o que é real?”, “o que você vai fazer da sua vida?”, “por que eu devo ser uma coisa que não quero ser?”, “como foi que a minha vida chegou nesse ponto?”. Somos levados a tomar grande decisões sobre a vida, mesmo sabendo tão pouco sobre ela. Pressão, preconceito e atitudes que levam as pessoas acharem que temos algum “probleminha” nos afetam de uma maneira que não se espera e cada um responde de uma maneira. Susanna descobriu sua resposta da pior maneira que alguém poderia encontrar.

“Vazio e tédio: é dizer pouco. O que eu sentia era uma total desolação. Desolação, desespero e depressão.” – página 174

NOTA: 3/5

Em 1999, tivemos uma versão cinematográfica desse livro que foi estrelada por Winona Ryder como Susanna Kaysen,  Angelina Jolie como Lisa Rowe que ganhou seu primeiro  Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante, e Brittany Murphy como Daisy Randone.

Obviamente, livro e filme são completamente diferentes entre si afinal se trata de uma adaptação onde precisamos de uma narrativa mais elaborada para contar a história dos personagens, pois ambos são bons em suas propostas e vale muito à pena ler o livro e assistir ao filme. Também é uma ótima recomendação se você é estudante de psicologia.

Já leu, já viu o filme? Deixe um comentário abaixo, irei adorar conversar com você sobre eles!

Até o próximo post!

Redes Sociais:  FacebookInstagramTwitter

Fotografia

Maria Antônia & Mário | Ensaio Casal

Olá povo! Tudo bem?

Depois de mil anos sem postar, cá estou aqui para mostrar para vocês um ensaio maravilhoso que tive a oportunidade de fazer. Maria Antônia e o Mário são fofíssimos e super estilosos, quase cai para trás quando ela me procurou para fazer um ensaio pois já fazia tempos que procurava alguém para fazer um ensaio nesse estilo leve e delicado.

Entre tantos dias de chuva, finalmente conseguimos sair para fazer essas fotos. Mas como nem tudo são flores, bem na hora em que chegamos no local o tempo resolveu nublar (para a minha tristeza), mas mesmo assim seguimos em frente e passamos uma divertida e encantadora tarde de domingo. 🙂

Clique nas fotos para ampliar.

 

 

Maria Antônia e Mário, acho que nem preciso agradecer mais do tanto que já agradeci lá pelo zap zap! hahaha
Mas sério, muito obrigada por me escolherem e confiarem no meu trabalho! Que venha a ser o primeiro de muitos! ❤

Se você quer conferir mais fotos desse ensaio, curta minha página no Facebook Daniela Farias Fotografia e me siga no Instagram para ver o que ando fotografando por aí.

Até o próxima!

Filmes

Uma Beleza Fantástica

poster2-25
Imagem: Reprodução

Faz tempo que não escrevo sobre filmes aqui, então resolvi escrever sobre esse maravilhoso filme que achei na Netflix.

Uma Beleza Fantástica (This Beautiful Fantastic), trás a história de Bella Brown (Jessica Brown Findlay), uma jovem  reclusa que sonha em se tornar escritora  de livros infantis, morando ao lado de um vizinho nada simpático, o viúvo Alfie Stephenson (Tom Wilkinson) que iniciam uma amizade completamente inesperada.

MV5BZjNjOTM2NDAtOWU2NC00YWM0LWI1Y2ItYWJiYWYzOGQ5MTIwXkEyXkFqcGdeQXVyMTkxNjUyNQ@@._V1_
Imagem: IMDB

É muito fácil você se conectar com os personagens nesse filme, cada um tem sua peculiaridade que os tornam interessantes pela maneira de como se conectam mesmo sendo uma história simples. Fiquei apaixonada pela protagonista que trabalha numa biblioteca, embora tenha uma chefe nada simpática, é nos livros que em Bella encontra seu refúgio.

Agora uma coisa que me pegou de surpresa nesse filme foram a presença de dois dos meus atores favoritos! O lindo e maravilhoso Andrew Scott, o Moriaty da série Sherlock, sendo todo fofo e prestativo com Bella Brown, que embora seu personagem (Vernon) não tenha muito destaque, ele cumpre muito bem seu papel sendo o alívio cômico na trama.

tumblr_oc75s39eqY1uls29go2_1280
Gif: Andrew Scott Source Tumblr

Já  Jeremy Irvine, meu outro ator favorito, também está presente no filme como interesse romântico de Bella, que até se saí bem como o atrapalhado inventor Billy, mas devo confessar aqui que achei a química de Bella mais interessante com Vernon do que com Billy.

tumblr_omohqxGE7C1w73n5ao2_540.gif
Gif: Gramunion

Os aspectos técnicos do filme são maravilhosos, o figurino da Bella é lindíssimo com cores neutras e escuras ressaltando bem o seu transtorno obsessivo compulsivo e sua personalidade introvertida. A fotografia e direção de arte também fazem um ótimo trabalho, deixando o tom do filme com aspecto de conto de fadas mas sem pesar a mão nas cores e no ar fantasioso da trama.

Se você gostou de O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (Le Fabuleux Destin d’Amélie Poulain), com certeza irá amar esse filme. Impossível não os achar semelhantes, até porque a protagonista é muito semelhante a Amélie em vários aspectos, mas isso não desmerece o filme porque acredito eu que ambos cumprem bem as suas propostas de contar uma história inspiradora, tocante e divertida.

Confira o trailer:

Já assistiu? Se sim, não esqueça de deixar um comentário!

Até o próximo post!

Redes Sociais:  FacebookInstagramTwitter